notícias

Bolsonaro quer o fim dos radares móveis para a próxima semana

Bolsonaro quer o fim dos radares móveis para a próxima semana

13

agosto

Com a intenção de combater o que chama de indústria da multa, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que, a partir da semana que vem, o Brasil não vai mais ter radares móveis em BRs. “Vou deixar bem claro. Não são apenas palavras. Estou com uma briga, juntamente com o Tarcísio (Gomes de Freitas, ministro da Infraestrutura), na Justiça para acabarmos com os pardais no Brasil. Esta máfia de multa que vai para o bolso de alguns poucos. É uma roubalheira. Anuncio para vocês que a partir da semana que vem não teremos mais radares móveis no Brasil”, afirmou nesta segunda durante a cerimônia de liberação do trecho duplicado da BR 116 em Pelotas.
Bolsonaro considera covardia a fiscalização contra caminhoneiros e outros usuários da malha rodoviária. “Também queremos que a validade da Carteira (Nacional e Habilitação) passe de cinco anos para dez anos”, disse. “O Tarcísio já acabou com o simulador”, acrescentou ao se referir ao ministro de Infraestrutura.
O chefe de Estado ainda reiterou a intenção de acabar com a exclusividade dos Detrans no momento de fazer o exame de saúde, que atesta se o motorista está apto ou não para dirigir. Bolsonaro também estimou que “sem o simulador e sem o exame de saúde”, a Carteira Nacional de Habilitação passe a custar menos de R$ 600.


Fonte: www. guaiba.com.br

visitante

9 4 9 3 8

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar