notícias

Dodge defende que Temer, Padilha e Moreira sejam investigados na mesma instância

Dodge defende que Temer, Padilha e Moreira sejam investigados na mesma instância

11

janeiro

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu hoje, no Supremo Tribunal Federal (STF), que o ex-presidente Michel Temer e os ex-ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha sejam investigados de forma conjunta no inquérito sobre o suposto recebimento de propina da empreiteira Odebrecht.
Em outubro do ano passado, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, determinou a suspensão do inquérito aberto contra Temer até o fim do mandato, que se encerrou em 1º de janeiro.
Fachin, no entanto, determinou o encaminhamento, à Justiça Eleitoral de São Paulo, da parte da investigação que envolve os ex-ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e de Minas e Energia, Moreira Franco.
Na manifestação enviada hoje ao STF, Raquel Dodge defende que, com o fim do mandato de Temer, as acusações imputadas contra os três, por serem conexas, sejam julgadas conjuntamente, em uma só instância. O Supremo ainda vai julgar definitivamente em qual tribunal o caso vai tramitar.



Fonte: www. guaiba.com.br

visitante

7 7 9 6 9

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar