notícias

Não haverá avanço contra corrupção se Renan comandar o Senado, diz Dallagnol

Não haverá avanço contra corrupção se Renan comandar o Senado, diz Dallagnol

11

janeiro

Coordenador da Força-Tarefa da Lava Jato, o procurador Deltan Dallagnol afirmou nesta 4ª feira (9.jan.2019) que, se Renan Calheiros for presidente do Senado, não haverá avanços de leis contra a corrupção. 
“Tem contra si várias investigações por corrupção e lavagem de dinheiro. Muitos senadores podem votar nele escondido, mas não terão coragem de votar na luz do dia”, escreveu Dallagnol no Twitter.
O procurador é contrário à eleição secreta no Senado, como é feita tradicionalmente. Em 19 de dezembro de 2018, o ministro do Supremo Marco Aurélio Mello definiu em decisão liminar (provisória) que a votação para a presidência da Casa seja aberta.
Nesta 4ª, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, negou o pedido do deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP) que desejava voto aberto na eleição para presidente da Câmara.
Toffoli deve decidir o mesmo para a eleição do Senado. Renan seria o principal beneficiado pela medida. O pleito está marcado para 1º de fevereiro.


Fonte:www. poder360.com.br

visitante

7 7 9 6 9

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar